O SEU JORNAL ON LINE: Email: portaldojunnior.blogspot.com



A SUA VISITA NOS ENGRANDECE

´Email: portaldojunnior@gmail.com:

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Aniversariante do dia 27\08\2015



Parabéns para essa bela jovem Emanuela Nunes

CCJ aprova permissão de porte de armas para agente de trânsito

Imagem relacionada“A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou hoje (26) o Projeto de Lei 3.624/08, que autoriza agentes de fiscalização de trânsito a portar armas de fogo para defesa pessoal. O texto, que altera a Lei 10.826/03, sobre o Sistema Nacional de Armas (Sinarm), tramita há sete anos na Câmara e agora segue para apreciação do Senado.
O ex-deputado Tadeu Filippelli, autor da proposta, argumentou que, com a criação do Estatuto do Desarmamento, integrantes dos departamentos de Trânsito ficaram desprotegidos. “A proibição do porte de armas de fogo atingiu em cheio esta nobre classe de profissionais que, se forem apanhados portando armas de fogo, serão presos, sem direito a fiança e passarão pelo grande vexame de terem de responder a um processo criminal, o que os desacreditará perante a comunidade em que vivem, destacou Filipelli.
Os deputados consideraram a concessão do porte de arma necessária, considerando que os que trabalham na fiscalização do trânsito correm riscos, assim como outros agentes de segurança e fiscalização. Onze parlamentares votaram contra o projeto: Raul Jungmann (PPS-PE), Bacelar (PTN-BA), Renata Abreu (PTN-SP), Ronaldo Fonseca (PROS-DF), Wadih Damous (PT-RJ), Padre João (PT-MG), Alessandro Molon (PT-RJ), Betinho Gomes (PSDB-PE), Chico Alencar (PSOL-RJ), Bruno Covas (PSDB-SP) e JHC (SD-AL).
A CCJ ainda aprovou hoje o projeto de lei (PL 7.493/06) que altera um dos artigos da Lei das Eleições (9.504/ 97), estabelecendo que nas seções destinadas a eleitores cegos, a urna eletrônica terá recurso que permita ao eleitor conferir o voto em fone de ouvido. O texto que ainda precisa ser votado em plenário abre, inclusive, a possibilidade de cancelamento e repetição do voto quando verificar erro.”
Agência Brasil

Mega-Sena, concurso 1.736: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 31 mi

Ninguém acertou os seis números do concurso 1.736 da Mega-Sena sorteados na noite desta quarta-feira (26), em Osasco (SP). O prêmio estimado para o próximo concurso, que acontece no sábado (29), é de R$ 31 milhões. Confira as dezenas sorteadas 12 - 13 - 24 - 29 - 32 - 41.
A quina saiu para 105 apostas e cada uma delas levará um prêmio de R$ 28.735,58. Outros 6.581 bilhetes acertaram a quadra e levarão com R$ 654,96 cada.
Para apostar - As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

CCJ aprova instalação de urna eletrônica para cego

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou o Projeto de Lei 7493/06, que determina a instalação de urnas eletrônicas com recurso que permita ao eleitor cego conferir seu voto em fone de ouvido. De acordo com o projeto, que altera a Lei Eleitoral (9.504/97), o equipamento possibilitará o cancelamento e a repetição da votação quando verificada a ocorrência de erro pelo eleitor. De autoria do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), a proposta recebeu parecer favorável do relator, deputado Nelson Marchezan Junior (PSDB-RS). Ele considerou que, ao votar nos moldes normais, os portadores de deficiência visual não possuem uma maneira segura de conferir seu voto antes de validar, uma vez que a conferência hoje se dá por visualização da tela.
Jornal do Brasil

Saúde em evidência:  Remédio para colesterol pode evitar complicações do enfarte

Uma pesquisa realizada pelo Hospital do Coração (HCor) e pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa Clínica (BCRI) está avaliando o efeito das estatinas, substâncias utilizadas para o controle do colesterol, para evitar complicações decorrentes de enfartes. Com base em estudos que mostram que o medicamento tem função anti-inflamatória e é capaz de evitar tromboses, os pesquisadores estão fazendo uma antecipação da indicação do remédio: eles estão sendo utilizados em pessoas que chegam a hospitais em fase de ataque cardíaco e não apenas quando o paciente recebe alta. Iniciado há pouco mais de um ano, o Secure, como foi batizado o estudo, já está acompanhando 2 mil pacientes que foram atendidos em 50 hospitais públicos e particulares do País. Nos próximos dois anos, outros 2.200 devem ser avaliados para verificar os benefícios da substância. "É um estudo com bastante influência para a área clínica. Hoje, a principal causa de morte no mundo são as doenças cardiovasculares. Entre as doenças, a vilã é o enfarte, o popular ataque cardíaco, que é mais comum nas classes sociais menos favorecidas e isso é uma tendência global, porque 80% dos óbitos no mundo por doenças cardiovasculares ocorrem nos países em desenvolvimento. É uma doença que tem um impacto muito grande em relação ao óbito e à incapacidade", explica Otávio Berwanger, diretor do Instituto de Pesquisa do Hcor e presidente do comitê diretivo do estudo. Berwanger diz que pesquisas em escala menor feitas nos Estados Unidos, na Europa e no Japão já mostraram os benefícios das estatinas para a proteção do coração e das artérias. "Das medicações de prevenção cardiovascular, a mais importante é a estatina. Já foram feitas várias pesquisas, mas existem projetos em laboratórios e estudos pequenos que sugerem que as estatinas têm outras influências positivas, como propriedades anti-inflamatórias potentes. Quando a pessoa está tendo um enfarte, existe grande atividade inflamatória dentro dos vasos do coração. Elas também previnem a formação de coágulos." Segundo o especialista, o medicamento pode ainda tornar a angioplastia e a colocação do stent - tubo introduzido em artérias entupidas para a normalização do fluxo sanguíneo - mais seguras, pois, ao proteger os vasos sanguíneos, pode evitar lesões que podem ser causadas pelo procedimento.

'Militares funkeiros' são expulsos após divulgação de vídeo nas redes sociais

Os seis soldados que aparecem em um vídeo nas redes sociais dançando funk em Brasília foram expulsos do Exército, conforme informou a entidade ao G1 nesta quinta-feira. Os soldados faziam parte do 1º Regimento de Cavalaria de Guarda, responsável pela guarda presidencial, e são conhecidos como Dragões da Independência.
Apesar de virem à tona nesta quinta-feira, as imagens foram feitas em 2014. Nelas, os soldados fardados dançam e brincam com armas enquanto cartuchos caem no chão. Os cinco também dançam a música “Muito louco de balinha”, que cita palavras de baixo calão. O sexto militar filma a ação e mostra o rosto no final:
— Isso que é alteração, se liga! — diz antes de encerrar a filmagem.
O exército não divulgou o local em que o vídeo foi feito. O tenente coronel do 1º Regimento Marcelo Siqueira, designado para comentar o assunto, foi procurado, mas ainda não foi localizado pela reportagem.
Fonte: Jornal O Globo
Veja vídeo AQUI.


Bancos são fechados nesta sexta-feira(28) em alusão ao dia dos bancários.



Foi publicada no Diário Oficial do Piauí nesta quinta-feira (27/08) a Lei 6.702 de 26 de agosto de 2015 que institui no âmbito do Estado do Piauí, o Dia Estadual dos Bancários e Financiários. A mesma foi sancionada ontem (26/08) pelo governador Wellington Dias em solenidade no Salão Azul do Palácio de Karnak, contando com a presença da diretoria do Sindicato dos Bancários do Piauí.

 Artigo 1º Será comemorado anualmente, em 28 de agosto, Dia Estadual dos Bancários e Financiários através de Feriado Bancário no âmbito do Estado do Piauí.
Em seu Parágrafo Único: Na data referida no caput deste artigo, não poderão funcionar os estabelecimentos bancários situados no Estado do Piauí.
Diante disso, será feriado bancário no Piauí nesta sexta-feira (28/08) quando a categoria comemora o Dia do Bancário.    SEEBF/PI


Para mais informações: (86) 3304-5907 sede Estadual. Sindicato dos Bancários do Piauí


Acidente  anunciado no centro de Parnaiba e a empresa responsável não tomou providências

 
Na Av.  Capitão Claro próximo a agencia da dona Nazaré, há  mais de uma semana um carro bateu em um porte e evadiu-se  do local,  ficando correndo  riscos,   as pessoa que passavam  pela praça 


 Segundo  os  moradores, os mesmos  ligaram várias vezes para Eletrobras e nada foi feito

 nestas  imagens o porte esta segurado pela arvore ao lado,  imagine se   uma criança ou uma pessoa idosa passa  neste local na hora da queda.


matéria de Sergio Santos para o cotidiano de parnaiba

SALVADOR RECEBE CURSO DE MASTURBAÇÃO PARA MULHERES EM SETEMBRO



Com o intuito de desmistificar a masturbação, o portal Mundo da Intimidade promove, no dia 10 de setembro, um curso sobre o tema. Voltado apenas para o público feminino, o evento terá palestras da sexóloga Karla Kalil e da educadora sexual Aline Castelo Branco.
“Recebemos pedidos de ajuda de mulheres que querem aprender a chegar ao orgasmo”, revelou Aline ao Portal iBahia. Com previsão inicial de 40 vagas, o curso ‘Aprenda a se Masturbar’ custa R$50 reais. Quem se inscrever ganha um brinde e terá direito a 2 horas de aula.
Para a parte prática, as mulheres terão o auxílio didático de uma prótese de vagina. ”Também temos como objetivo que nossas alunas consigam ter o emponderamento do seu próprio corpo”, ressaltou a educadora sexual.
No curso, as inscritas vão aprender técnicas de masturbação e pontos erógenos do corpo feminino e masculino. “Tudo para deixar a mulher e seu parceiro ou parceira mais feliz e satisfeito sexualmente”, assegurou Aline.
Durante o bate-papo com o iBahia, ela revelou que até dezembro o Mundo da Intimidade promoverá outros cursos: “Teremos temas como pompoarismo, sexualidade da mulher mastectomizada e sexo anal”.
Vale lembrar que o site também já promoveu outros cursos voltados para a sexualidade feminina. Um bom exemplo é o curso de sexo oral. “A demanda do nosso último curso foi tão grande que tivemos que disponibilizar mais vagas. No total foram 60 alunas”, disse Aline. As inscrições podem ser feitas através do e-mail cursosintimidade@gmail.com. 

JURO DO CARTÃO DE CRÉDITO SE APROXIMA DE 400%,     DIZ BC

Papel térmico: usado em máquinas de cartão de crédito e para imprimir comprovantes e nota fiscal, o material contém bisfenol A em sua composição
Papel térmico: usado em máquinas de cartão de crédito e para imprimir comprovantes e nota fiscal, o material contém bisfenol A em sua composição(Thinkstock/VEJA)

Os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cartão de crédito rotativo voltaram a subir e atingiram 395,3% ao ano em julho ante 372,1% em junho, segundo dados do Banco Central (BC), divulgados nesta quarta-feira. O resultado de julho é o maior desde o início da série histórica, em março de 2011. Também supera os juros cobrados no cheque especial, que somaram 246,9% ao ano em julho, maior patamar desde novembro de 1995, quando estavam em 251,72% ao ano.
O aumento dos juros bancários segue a alta da taxa básica da economia, definida pelo BC. Desde outubro do ano passado, a autoridade monetária vem subindo os juros seguidamente. Naquele momento, a taxa estava em 11% ao ano. No fim de maio, já havia subido para 14,25%, avanço de 3,25 pontos percentuais, no maior patamar mais elevado em nove anos.
Ainda de acordo com o BC, a inadimplência no mercado de crédito brasileiro no segmento de recursos livres subiu a 4,8% em julho, alcançando o patamar mais alto desde 2013. Em junho, a inadimplência neste segmento, em que as instituições financeiras definem as taxas de juros livremente, havia sido de 4,6%, segundo dado revisado pelo BC.
O crescimento da inadimplência no segmento em julho foi maior entre empresas, com o índice passando a 4,1%, contra 3,9% em junho. Entre pessoas físicas, também houve avanço no período, a 5,4%, contra 5,3%.
O BC também divulgou que o endividamento das famílias em junho, dado mais recente disponível, caiu a 45,8%, contra 46,1% em maio. O percentual considera o impacto de financiamentos imobiliários. Excluído esse efeito, o endividamento das famílias recuou para 27,1% em junho, contra 27,4% em maio.
O spread bancário – diferença entre o custo de captação e a taxa efetivamente cobrada pelos bancos ao consumidor final – seguiu igual toada, indo a 31,4 pontos percentuais no mesmo segmento, ante 30,6 pontos percentuais em junho. (Veja)