segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Polícia Federal - PF faz buscas no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima

Ação ocorre a pedido da Procuradoria Geral da Republica. Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso após apreensão de R$ 51 milhões em apartamento na Bahia.
A Polícia Federal - PF faz buscas na Câmara dos Deputados na manhã desta segunda-feira (16/10) em Brasília. A ação ocorre a pedido da Procuradoria-Geral da República. Um dos alvos é o gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB/BA). Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso por tempo indeterminado desde julho na Papuda, após investigadores apreenderem R$ 51 milhões em um imóvel atribuído ao político. Segundo a PF, é a maior apreensão de dinheiro vivo da história da corporação.
Em setembro, as investigações sobre o assunto foram remetidas ao Supremo Tribunal Federal - STF. O motivo da transferência do caso para o STF são os indícios encontrados nas investigações em relação a Lúcio Vieira Lima, que, na condição de deputado federal, tem foro privilegiado no STF. Segundo a PF, o apartamento foi emprestado a Lúcio Vieira Lima e era usado por Geddel. Até a última atualização desta reportagem, não havia confirmação se a ação desta segunda era referente a este caso.
 
 
 

domingo, 15 de outubro de 2017

Os perigos da depressão pós-parto alertam para tratamento imediato

 
A chegada de uma criança reflete em novas responsabilidades que fazem parte da realidade das mulheres gestantes e em fase de puerpério, que é o período após o parto. "As mudanças relacionadas à gravidez e outras alterações fisiológicas aumentam o risco de recorrência ou de transtornos mentais", esclarece Dr João Marcos Meneses, ginecologista obstetra do Hapvida Saúde. Uma em cada quatro mulheres no Brasil são acometidas pela depressão pós-parto. 
Os dados são de uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e publicada na revista científica Journal of Affective Disorders, em abril de 2016. Os sintomas podem se apresentar de várias maneiras e em diferentes graus, como explica o ginecologista obstetra. "Os mais comuns são: instabilidade emocional, insônia, choro, depressão, ansiedade, má concentração, irritabilidade, perda de apetite e perda de concentração".
A recusa em amamentar e olhar para criança, dificuldade de acompanhar a rotina e negligência nos cuidados também faz parte dos sintomas. O cuidado da família é essencial para que a mulher não sofra mais e evite danos à saúde do bebê. O tratamento feito com especialistas é necessário, como recomenda o ginecologista. "O acompanhamento de equipe médica especializada (psiquiatra e psicoterapeuta) é fundamental para o benefício da saúde da mulher e do bebê", recomenda.
 
 
 
 
 
 
Senado muda Lei Maria da Penha

 
O Senado Federal aprovou na terça-feira (10/10), Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher, projeto que altera a Lei Maria da Penha, a fim de permitir ao delegado de polícia conceder medidas protetivas de urgência às mulheres que sofreram violência e a seus dependentes, uma prerrogativa que hoje é exclusiva dos juízes. A medida foi votada simbolicamente na Casa e anunciada como positiva, mas integrantes do Ministério Público Federal - MPF, Defensores Públicos Gerais e organizações feministas criticam as mudanças. Elas pedem que o presidente Michel Temer vete a proposta.
O projeto determina que a concessão de medidas pelo delegado só será admitida em caso de risco real ou iminente à vida ou à integridade física e psicológica da mulher e de seus dependentes. A autoridade policial deverá comunicar a decisão ao juiz e também consultar o Ministério Público em até 24 horas, de acordo com a proposta, para definir pela manutenção da decisão.
Entre as medidas que podem ser aplicadas em caso de violência, estão a proibição de o agressor manter contato ou se aproximar da ofendida, de seus familiares e das testemunhas, vetando-o de frequentar determinados lugares a fim de preservar a integridade física e psicológica da agredida, e o encaminhamento da mulher à rede de apoio às vítimas de violência.
 
 
 
 

Após cobrança por bagagem, preço das passagens aéreas sobe no País

Ao contrário do que se esperava quando a ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil permitiu que as companhias aéreas passassem a vender passagens que não dão direito a despachar bagagem, o preço das tarifas tem subido desde que as empresas começaram a adotar a prática. Entre junho e setembro, essa alta chegou a 35,9%, segundo dados da FGV. De acordo com levantamento do IBGE, entretanto, a elevação foi mais moderada, de 16,9%. O preço das passagens aéreas está no centro de uma discussão entre o Governo Federal e as companhias do setor. 
No fim de setembro, o Ministério da Justiça e Segurança Pública instaurou averiguação sobre um estudo da (ABEAR - Associação Brasileira das Empresas Aéreas) que apontou tendência de queda no preço das passagens nos últimos meses. Segundo o levantamento da entidade feito com base em dados preliminares, entre junho e o início de setembro de 2017, as tarifas recuaram de 7% a 30% nas rotas domésticas das companhias que adotaram a cobrança da mala despachada (Azul Linhas Aéreas Brasileiras, GOL Linhas Aéreas e LATAM Airlines).
 
 
 
 

Horário de verão começa à meia-noite em 10 Estados e no DF

O Governo cogitou extinguir o horário de verão 2017/2018 Moradores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem adiantar relógios em 1 hora
O horário de verão 2017/2018 passa a valer à partir da 0:00 horas deste domingo (15/10) nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. A medida estabelece que os moradores destas regiões adiantem seus relógios em uma hora. Neste ano, o horário diferenciado terá duração de 126 dias e termina em 18 de fevereiro de 2018, data na qual os ponteiros dos relógios deverão ser atrasados em uma hora. A medida vale para o Distrito Federal e os Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo.
 
 
 
 
O corpo foi encontrado depois que a esposa não conseguiu falar com o mesmo pelo telefone e acionou a polícia.
Foto: Reprodução
Jornal Pequeno – Na noite desta quinta-feira (12), um juiz federal foi encontrado morto no apartamento onde morava no Residencial 2001 na cidade de Bacabal, a 240 quilômetros de São Luis.  Ricardo Simões foi empossado em janeiro deste ano, depois de aprovado no 16º Concurso para Juiz Federal Substituto do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).
O corpo do juiz foi encontrado depois que a esposa não conseguiu falar com o mesmo pelo telefone e acionou a polícia.
Por enquanto não se tem informações sobre a causa da morte. Não há sinais de violência nem contra o imóvel nem contra o corpo. Policiais interditaram o apartamento para preservação do local e como na cidade não existe IML, foi acionada uma equipe de São Luis para fazer a remoção do corpo e posterior autópsia.


terça-feira, 10 de outubro de 2017


FÃS DO PORTAL



* Curtindo os festejos de Magalhães de Almeida o nosso seguidor Heitor Garcia, proprietário do supermercado Garcia de São Bernardo- MA.

* Jornalista Junnior Catita


* Paparazzo Teteca Brito e o play Judson Loiola
 
 
 
 

sexta-feira, 6 de outubro de 2017


Homem que matou amante da esposa e a arrastou pelas ruas é preso em Pedreiras





Gilberto Lima – O homem que matou o amante da esposa foi preso no início da tarde desta quinta-feira (5) na cidade de Pedreiras.
Depois de matar o amante, o assassinato arrastou a companheira nua pelas ruas do mercado municipal. Ele foi identificado como Luciano Luan Santos Lopes.

      
O crime ocorreu no momento em que o casal foi flagrado em um motel nas proximidades do mercado, no meio da manhã de hoje, no centro de Pedreiras. A vítima foi um idoso, aposentado, que foi espancado brutalmente até a morte,
A cena do assassino arrastando a mulher nua pelas ruas foi registrada por muitas pessoas que estavam nas proximidades. Ninguém tentou evitar a agressão porque o homem estava com a arma em punho.
    






A nova frota de carros oficiais chegou ao Senado. São 85 Sentras novos. Os veículos, alugados, são equipados com roda esportiva e teto solar.
Motoristas da Casa têm relatado dificuldade para conseguir lavar os veículos. O cartão corporativo a que os parlamentares têm direito limita o valor da lavagem a R$ 20. A maioria dos postos cobra mais caro pelo serviço.
Da Coluna Painel, da Folha de S. Paulo, leia AQUI.




Justiça condena ex-vereador Seu Bené pela morte de peruana


Para a família, a condenação representa um alívio. "Esperamos que agora o réu vá para a cadeia", disse a filha da vítima
O ex-vereador Benedito Soares Pereira (90) foi condenado a 14 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima). O homem é acusado de ser o mandante da morte da peruana Patricia Maria Falconi de Venini. O crime aconteceu em 2007, na avenida Washington Soares, em Fortaleza.
Para Andrea Venini, filha de Patrícia, a condenação do ex-vereador representa alívio. “Esperamos que agora o réu vá para a cadeia e responda pelo assassinato da minha mãe. Sabemos que ela não está conosco, mas onde está, ficou mais tranquila com a condenação”, disse.
Filha e viúvo estiveram no Sede de Justiça, no Cidade 190. (Foto: Reprodução/TV Cidade)
Um dia antes do julgamento, a filha e Rodrigo Venini Tapia, viúvo de Patrícia, participaram do Sede de Justiça, na TV Cidade, veja AQUI. Os familiares vieram ao Brasil apenas para acompanhar o julgamento, que tinha sido adiado anteriormente. “A gente fez doação dos órgãos dela. Foi muito difícil, sabe? Mas muito importante", disse Rodrigo, ao lembrar da esposa.
De acordo com a denúncia do Ministério Público, Benedito Soares, teve uma desavença com o marido da vítima, pelo fato de este ter entrado com uma ação na Justiça trabalhista, cobrando seus direitos por ter trabalhado por mais de dois anos na empresa do réu.
No dia anterior ao crime, Roberto Carlos, que era comerciante de produtos artesanais, recebeu ligação de um suposto cliente, marcando um encontro na avenida Washington Soares. Ao chegar no local, junto com a esposa, um homem não identificado se aproximou do veículo e efetuou dois disparos, que acabaram atingindo Patricia Falconi.
O réu negou a autoria do crime, alegando que não tinha motivos para determinar a morte da vítima e que todos os problemas que tinha com Roberto foram resolvidas perante a Justiça de Camocim.
CNews
Nesta foto, seu Bené aparece de mãos dadas com a ex-primeira dama de Camocim e candidata derrotada nas últimas eleições, Euvaldete Ferro, esposa de Chico Vaulino, lançando a candidatura de sua filha, também derrotada Betânia Araújo.
Na foto acima, seu Bené aparece ao lado do pré-candidato a deputado estadual Romeu Arruda, de Granja e um funcionário da Igel.
 
 
 
 

quinta-feira, 5 de outubro de 2017


Agricultura aprova plano para acabar com vacinação contra febre aftosa

 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aprovou o Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa). O objetivo é que o Brasil seja considerado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) um país livre da doença sem vacinação a partir de 2023. Para atingir o status de área livre de aftosa sem vacinação, o plano determina critérios técnicos, estratégicos, geográficos e estruturais a serem seguidos.  O documento final foi elaborado com sugestões de todos os segmentos envolvidos na pecuária bovina, em debates realizados durante todo o primeiro semestre de 2017. “O objetivo principal é criar e manter condições para garantir o status de país livre da febre aftosa e ampliar as zonas livres de febre aftosa sem vacinação”, explicou o coordenador geral de Sanidade Animal do Mapa, Heitor Medeiros.
Febre aftosa: O vírus da febre aftosa é altamente contagioso. O animal afetado apresenta febre alta que diminui após dois a três dias. Em seguida, aparecem pequenas bolhas que se rompem, causando ferimentos. O animal deixa de andar e comer e, no caso de bezerros e animais mais novos, pode até morrer. A transmissão pode ocorrer por meio da ingestão de água e alimentos contaminados pela saliva de animais doentes. O vírus é resistente, podendo sobreviver durante meses em carcaças congeladas. Atualmente, o Brasil é considerado, na maior parte das regiões, livre da febre aftosa com vacinação. Não há focos registrados da doença desde 2004. A intenção é retirar totalmente a vacinação do país entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido pela OIE como livre da doença sem vacinação.
 
 
 
 

MPF dá parecer favorável a ação popular contra aumento de combustíveis

 
O Ministério Público Federal deu parecer favorável a uma ação popular, de autoria do vereador Célio Studart (SD), contra os constantes reajuste no preço dos combustíveis no País. O processo tem como objetivo a suspensão liminar do Decreto nº 9.101/2017, que aumentou as alíquotas de contribuições sobre os combustíveis.
De acordo com o documento, o decreto que aumentou as alíquotas das contribuições para o PIS/PASEP e da COFINS sobre combustíveis, majorou tributos sem atentar “aos princípios da anterioridade nonagesimal e legalidade tributária que regem as contribuições sociais.”
O aumento das contribuições deve ser realizado por meio de Lei, e não por decreto, para garantir o princípio da não-surpresa ao contribuinte, conforme disposto na Constituição Federal.
A ação aguardará a apreciação do pedido liminar, bem como a sentença por parte do Poder Judiciário.
 
 
 

Ficha Limpa – Medida atinge condenados antes de 2010, decide Supremo

Resultado de imagem para Ficha LimpaOs ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, nesta quarta-feira, 4, pelo placar de 6 a 5, que a aplicação da inelegibilidade de políticos com base na Lei da Ficha Limpa vale para condenados antes de 2010, ano em que o texto foi aprovado e sancionado.
Os magistrados negaram recurso de um vereador de Nova Soure (BA) que foi condenado, nos autos de representação eleitoral, por abuso de poder econômico e compra de votos por fatos ocorridos em 2004, e ficou inelegível por três anos.
Nas eleições de 2008, concorreu e foi eleito para mais um mandato na Câmara de Vereadores de Nova Soure. No entanto, ao tentar disputar em 2012, seu registro foi indeferido porque a Lei da Ficha Limpa aumentou de três para oito anos o prazo de inelegibilidade.
Antes de 2010, a legislação vigente previa que políticos condenados perdessem os direitos por três anos. Com a Lei da Ficha Limpa, o prazo foi aumentado para oito anos.
 
 
 

quarta-feira, 4 de outubro de 2017


Deputado pede fechamento da Alepi e diz que casa legislativa está inútil; VÍDEO

                    O deputado Robert Rios 
 O deputado Robert Rios (PDT) apresentou, nesta terça-feira (3), um requerimento em que pede a suspensão do funcionamento da Assembleia Legislativa do Piauí. Segundo o parlamentar, a Casa não tem mais finalidade, uma vez que os projetos de lei aprovados pelos parlamentares são sistematicamente vetados pelo governador Wellington Dias (PT).
Robert Rios também justifica o pedido afirmando que o estado vive uma séria crise financeira, e o Poder Legislativo, segundo ele, custa muito caro aos cofres públicos.
Para o deputado, apenas uma comissão representativa poderia manter os trabalhos designados à Casa.
O presidente da Assembleia, deputado Themístocles Filho (PMDB), disse que o pedido é muito complexo porque nele são citados vários artigos da Constituição e do Regimento Interno.
Após a leitura do requerimento, Themístocles decidiu encaminhar a matéria para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que deve apresentar um parecer técnico. “Ele está dizendo que o governador não pode vetar projetos e todo governador do mundo pode vetar projetos. Eu vou encaminhar para a CCJ e lá os técnicos decidem o que deve ser feito e então colocamos o requerimento em votação”, afirmou o presidente. 
Portal ODIA
 
 
 
 
 

Homem embriagado é preso após levar cavalo para 'passear' dentro de carro

      O homem estava embriagado e o animal com a cabeça fora do veículo
Um homem de 42 anos foi preso no último domingo (1º) em flagrante por embriaguez ao volante quando dirigia com um cavalo no banco de trás do seu veículo em Três Pontas (MG).
A Polícia informou que uma denúncia anônima foi feita dizendo que um carro andava em zigue e zague pelo centro da cidade com um cavalo que estava com a cabeça do lado de fora do veículo.
O homem foi abordado pela Polícia Militar com sinais visiveis de embriaguez e segundo os agentes, o carro não possuia bancos traseiros estando no lugar dele somente o cavalo. A prisão se deu em flagrante por embriaguez ao volante e maus-tratos a animais.
A polícia informou ainda que o homem estava sem os documentos do carro e com a carteira de motorista vencida. Ele foi encaminhado para a delegacia de Varginha, em Minas Gerais e o animal ficou sob os cuidados da mãe do acusado.
Homem colocou o cavalo no banco traseiro e dirigia pelo Centro de Três Pontas (MG).
 
Fonte: G1