quinta-feira, 29 de outubro de 2015



Aeronave da Polícia Militar é utilizada para transferir delegado e inspetores feridos em troca de tiros com assaltantes em Uruquê, município de Quixeramobim


12049305_1033990689974134_4830802253437576122_n











Uma aeronave da Polícia Militar pousou no estádio Carneirão, em Quixeramobim, com a missão de levar para um hospital de Fortaleza o Delegado daquele município, Dr. Salviano de Pádua, e dois inspetores, Renato Cosmo e Emerson Costa, feridos durante um tiroteio com bandidos que atacavam um carro forte na localidade de Uruquê, entre Quixeramobim e Quixadá. A delegada de Quixadá, Ana Cláudia Nery, afirmou à imprensa que ‘a polícia vai até o inferno para saber quem fez isso’.


“Vamos até o inferno pra saber quem fez isso”, diz delegada Regional Cláudia Nery


Em entrevista exclusiva à rádio Campo Maior AM 840, de Quixeramobim (CE), a delegada Regional de Polícia Civil disse que a Polícia irá até o inferno mas que encontrará os bandidos que atingiram os policiais.
Policiais dos municípios de Quixadá, Choró, Madalena, Banabuiú, Quixeramobim e Canindé estão em campo à procura dos bandidos. Há informações de que eles estão em fuga e a Polícia logo atrás, em perseguição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário