quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Menina de 12 anos tem QI mais alto que Einstein e Hawking

menina-genio
Lydia é a segunda menina em menos de um mês a atingir uma pontuação tão alta (Foto: Reprodução)
Galileu – Uma menina de 12 anos teve uma pontuação maior que a de Albert Einstein e Stephen Hawking em um teste de QI. Lydia Sebastian, de Essex, na Inglaterra, fez o teste da Mensa, organização que reúne as pessoas que tiram 98% ou mais da prova.
A Mensa conta com 20 mil membros que se reúnem para compartilhar conhecimento uns com os outros. A organização realiza um teste de QI presencialmente, com uma duração mínima de duas horas e meia. Apenas 1% das pessoas que fazem a prova tiram a nota máxima.
A nota média é 100, e um candidato é considerado um gênio quando tira 140 ou mais — Lydia tirou 162, o máximo possível para alguém com menos de 18 anos. Einstein nunca fez um teste de QI moderno, mas acredita-se que a nota dele seria 160, a mesma de Stephen Hawking.
Essa é a segunda vez em menos de um mês que uma menina tão jovem pontuou mais do que alguns dos maiores gênios da ciência no teste. Nicole Barr, de 12 anos, também da Inglaterra, tirou a mesma nota que Lydia há apenas algumas semanas.
Segundo a Mensa, não existe a possibilidade de alguém bombar em um teste de QI. “A pontuação das pessoas no teste pode ajudá-la a compreender melhor suas capacidades”, afirma a organização.
“O teste de QI é importante porque nos ajuda a entender qual é a extensão das capacidades de aprendizado de cada um. Sabendo como as pessoas processam novas informações nos ajuda a lidar com as complexidades delas e saber como elas se sentem”, explica Amanda Potter, da Sociedade Britânica de Psicologia.
Via Science Alert e The Guardian

Nenhum comentário:

Postar um comentário