terça-feira, 22 de dezembro de 2015


TSE não começará a julgar chapa de Dilma e Temer antes de maio de 2016

Com o recesso do Judiciário e o carnaval, a data limite para a entrega das defesas de Dilma Rousseff, Michel Temer, PT e PMDB no TSE — na lei, o prazo são sete dias corridos — ficará para a segunda semana de fevereiro.
Com isso, apenas depois do dia 15 de fevereiro de 2016 o processo deve voltar a andar.
A partir daí, começa a fase de diligências pedidas pelos dois lados. A estimativa de ministros do tribunal é que essa fase dure ao menos três meses, mas pode demorar ainda mais.
Antes disso, nada do TSE começar a julgar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário