segunda-feira, 11 de janeiro de 2016


Como proceder nestes quatro dias de inscrições no Sisu

Clik para ampliar
Estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem se inscrever a partir de hoje no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para concorrer a uma das 228 mil vagas disponíveis em 131 instituições de ensino superior em todo o País. Só no Ceará, são 10.242 vagas em quatro entidades. As inscrições seguem até quinta-feira, 14. O POVO procurou professores de cursinhos e escolas da Capital para saber como os candidatos devem proceder durante os quatro dias de inscrições.
Os especialistas convergem ao dizer que os alunos devem realizar a inscrição o mais breve possível para acompanhar as mudanças na nota de corte (nota mínima para ingresso) do curso pretendido. Diariamente, o Sisu divulga a posição do candidato em determinado curso. Isso dá condições de saber se há ou não chances de disputar a vaga.
“A principal diferença para o vestibular tradicional é que, no Sisu, o candidato escolhe duas opções de curso que pretende cursar e pode trocá-las até o último dia do sistema”, comenta o professor Miguel Franklin, coordenador do Sisu na Universidade Federal do Ceará (UFC).
A orientação é manter na primeira opção o curso de maior afinidade, mesmo se a nota de corte não for suficiente para ingressar na primeira etapa. “Quando o sistema fechar, o aluno ainda tem chance de conseguir uma vaga se demostrar interesse na Lista de Espera”, comenta. De acordo com ele, desde 2011, quando a UFC adotou o Sisu, o percentual de alunos aprovados na primeira etapa que não realizaram matrícula é de 45%.
Para Marcelo Pena, supervisor da Organização Educacional Farias Brito, o candidato tem de dar prioridade às vagas disponíveis em instituições na cidade onde mora, mas deve estar atento às oportunidades em outros municípios. “Isso tem que ser feito com responsabilidade, conversando com a família. É importante saber que existem bons cursos em outras localidades”, comenta.
O coordenador pedagógico do Sistema Ari de Sá, Fabrício Pires, comenta que os alunos podem procurar as notas de corte dos cursos em anos anteriores para ter ideia sobre a competitividade.
Cotas
A orientação de Fábia Moreira, coordenadora pedagógica do curso XII de Maio, se direciona aos candidatos que vão tentar vaga por meio de cotas. A UFC disponibiliza quatro modalidades. “Ele tem de ter certeza que vai se inscrever no perfil a que pertence, pois a universidade vai cobrar documentos que comprovem as características de cotistas na matrícula”.
Para se inscrever no Sisu, o candidato deve ter prestado o Enem em 2015 e não ter tirado nota zero na Redação. Além de Fortaleza, há vagas em outros 22 municípios cearenses em quatro instituições.





Nenhum comentário:

Postar um comentário