sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

O PMDB corre o risco de perder até 15 deputados com a janela

Imagem relacionadaNa ‘janela’ do troca-troca partidário sem perda de mandato, a partir do próximo dia 18 de fevereiro, o PMDB corre o risco de perder até 15 deputados da sua bancada de 67. Uma grande turma garante que vai para o Partido Trabalhista Nacional (PTN), uma legenda nanica, mas com blindagem de um (por ora) poderoso mandatário.
Segundo a Coluna Esplanada, trata-se da turma dissidente de Eduardo Cunha, o presidente da Câmara, atualmente rival do líder Leonardo Picciani, que deve ser reconduzido ao cargo. A reeleição de Picciani, ex-aliado e agora adversário figadal de Cunha, é o motivo da esperada debandada. Picciani alinhou-se ao Palácio do Planalto e ao Governo Dilma, a quem Cunha declarou-se opositor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário