sexta-feira, 22 de abril de 2016


Notícias diversas:


MARCELO CASTRO PODE DEIXAR O PMDB
Presidente regional do PMDB do Piauí e tendo desobedecido a orientação do seu partido na votação do impeachment, o ministro da Saúde, deputado Marcelo Castro poderá deixar a sigla e migrar para outra que ainda esteja na base da presidente Dilma, informa fonte da coluna. Procurada, a assessoria do ministro não confirmou. ‘Ele não sairá voluntariamente. Agora, se querem expulsa-lo, aí é outra coisa. Partido para ele é o que não falta”, disse o Assessor. Indagado se ele iria para o PDT, o Assessor falou que, “Marcelo é um quadro que qualquer partido gostaria de ter, mas não partirá dele a iniciativa, até porque a legislação não permite”. Marcelo Castro está em Teresina e será entrevistado no programa Bancada Piauí desta segunda-feira na TV Antena10.
Foto: Jorge William / Agência O Globo
marcelo-castro.jpg
A PEC 361/13
Tramita no Congresso nacional, proposta de emenda constitucional que altera o organograma da Polícia Federal e transforma o órgão numa Polícia igual ao FBI. O autor é o deputado Otoniel Lima(SP), que não se reelegeu. Por isso a PEC não anda.
A FRASE DA SEMANA
Do deputado Heráclito Fortes(PSD/PI), sobre a viagem da presidente Dilma aos Estados Unidos para participar da reunião da ONU sobre o clima no planeta: “que golpe é esse que a suposta vítima viaja, deixa o golpista em seu lugar, retorna e assume novamente?”
MULHER SE ARREPENDE E PEDE DESCULPAS A DEPUTADO
A mulher que ligou e postou mensagens para ao deputado Júlio César ameaçando-o de morte por ter votado a favor do impeachment da presidente Dilma se arrependeu. Noutra ligação ela pediu desculpas e até chorou.

SOU DO BEM
“Deputado me desculpe eu sou do bem, estava nervosa e emocionada. Eu nunca matei nem uma formiga, quanto mais um ser humano”, disse ela na nova mensagem. O caso está com a Policia Federal. A mulher mora em Picos.

VINGANÇA
Classificado por Lula de acovardado, o STF deu o troco: jogou para depois do impeachment o julgamento da liminar do ministro Gilmar Mendes que impediu o “Barba” de assumir a Casa Civil. Isso é que é tortura, ainda que de ansiedade.

PERDA DO OBJETO
No Direito, quando um processo não tem mais valia par ser julgado chama-se “perda do objeto”. Ora, depois do impeachment, o STF deverá remeter esse caso para o arquivo, pois não vale mais nada.

TCHAU, QUERIDOS
O Painel da Folha registra que, Ministros, chefes, chefinhos e chefetes começaram a limpar as gavetas. Tudo por conta do impeachment. Eduardo Cunha que deverá renunciar a presidência, foi, mas levou o governo com ele.

PROFECIA
Há 30 dias, o secretário de Governo Merlong Solano profetizou: “a direita junto com as elites planejam três coisas: 1- cassar a presidente Dilma. 2- Prender o Lula. 3- Cassar o registro do PT”. Está no rumo. Uma já foi.

AO PAPA
Do deputado João Madison, líder do PMDB na Assembleia do Piauí: “bem que a presidente poderia aproveitar esse passeio internacional e, ao sair da ONU ir direto para o Vaticano se queixar ao Papa”.

CADEIRA CATIVA
Pelo menos um piauiense tem vaga garantida num eventual governo Temer. É Henrique Pires, que no governo Dilma presidia a Funasa. Ele foi o primeiro a ser defenestrado pela presidente quando começou a briga.

LÍNGUA SOLTA
Tremei céus, terras e mares, a mulher de João Santana começou sua delação premiada e já veio quente, falando da roubalheira na campanha de 2014. Isso vai dá em cabeça de gente por aqui. Anotem.

NOTAS & NÓTULAS
*Além de Henrique Pires, Temer pode colocar no seu time, o ex-ministro João Henrique Souza e o deputado Heráclito Fortes(PSD).

*Assinar uma proposta de lei é uma cosia. Votar nela é outra. É zero a chance de uma PEC por eleição geral ser aprovada agora.

*Deu na coluna de Mônica Bergamo na Folha: “Lula chorou três vezes durante a votação de impeachment.” Os milhões que ele fez chorar pelo Brasil afora?

*Só pode ser maldade ou ironia, o senador Ciro Nogueira figurar entre os indecisos na votação do impeachment.

*O deputado Dr. Pessoa quer para vice, alguém tão ou mais popular do que ele. Mas, que tenha ficha limpa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário