quinta-feira, 14 de abril de 2016

PMDB ameaça candidatos a prefeito que votarem contra impeachment

A quatro dias da votação do impeachment em plenário, deputados do PMDB articulam, com aval do grupo do vice-presidente Michel Temer (PMDB/SP), não dar legenda aos pré-candidatos a prefeito do partido que votarem contra o impedimento da presidenta Dilma Rousseff.
Outra medida defendida pelos peemedebistas ligados a Temer é que, se os ministros do PMDB que reassumirem o cargo para votar não seguirem o voto da maioria, já estão sendo avisados que não terão qualquer cargo num futuro governo do vice-presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário