quinta-feira, 16 de junho de 2016

Aliados de Cunha ameaçam faltar às sessões para salvá-lo da cassação

Eduardo-Cunha1Enquanto DEM, PSDB e PPS acreditam que Eduardo Cunha (PMDB/RJ) será cassado pelo plenário com cerca de 40 votos de vantagem, aliados do presidente afastado da Casa ainda tentam uma última estratégia para salvar o deputado.
Como sabem que poucos terão coragem de ir ao microfone e abertamente defender Cunha, os aliados do presidente tentam convencer os colegas simpáticos a ele a faltar no dia da votação.
Para a cassação, são necessários pelo menos 257 votos. Cada falta, na prática, é um voto favorável a Cunha.
Curiosamente, a tática desesperada é idêntica à que chegou a ser cogitada para salvar Dilma Rousseff. Sem sucesso, é claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário