sábado, 3 de setembro de 2016

* NOTÍCIAS  DIVERSAS: PIAUÍ- BRASIL  

PSDB E PT FAZEM COLIGAÇÃO NO PIAUÍQuem pensa que a briga de Brasília pelo comando da nação invalidou coligações entre PSDB e PT está redondamente enganado. No interior do Piauí tem uma cidade onde o PSDB tem o candidato a prefeito e o vice, acredite, é do PT. Nem mesmo a cassação da presidente Dilma(PT) com o apoio maciço do PSDB, cujo candidato a presidente, Aécio Neves, foi batido nas urnas pelos petistas, fez com que essa aliança fosse desfeita.
QUE CIDADE É ESSA?Fica no médio Parnaíba. Terra do cacique Bruenque, um índio famoso que habitou aquela a região e que chegou a ser nome de rádio e TV nos tempos do deputado Xavier Neto. Trata-se, da bela Regeneração.
1.130 CASOS, DIZ TSENo relatório do TSE sobre a eleição deste ano de 2016, , PT e PSDB estão juntos e misturados por coligações em pelo menos 1.130 das 5.500 cidades brasileiras. Vá entender.
NO PIAUÍ TAMBÉMDos 1.130 municípios onde petistas e tucanos estão abraçados, no Piauí existem diversas coligações. Mas, no caso específico de um ter a cabeça de chapa e o outro indicar o vice, aparece apenas Regeneração.
PEDIDO DE DESCULPASDiz a regra geral da ética e do respeito e até mesmo a jurisprudência do direito que, “ofensas públicas, desculpas públicas”. A jornalista Joice Hessalmann deveria se retratar pelo que disse não com a senadora e ainda que fosse, mas, com a cidadã Regina Sousa. Uma coisa é a crítica ao político que as vezes pode ser interpretado como intolerância. Outra, é o preconceito e a discriminação.
DESINFORMADAHoje é muito fácil não só para os jornalistas, mas para qualquer pessoa saber do currículo de uma autoridade. Basta recorrer ao velho Google e, em questão e segundos terá tudo ao seu dispor.
A CONTRA-INFORMAÇÃORegina nada mais fez q do que defender seu partido, sua ideologia e sua presidente. Professora, bancária concursada, presidente três vezes do PT do Piauí é o inverso do que foi pintada pela jornalista que rodou o país inteiro e veio achar um parceiro(marido), justamente aqui, na terra de Regina Sousa.
A PRIMEIRA OFENSAEsta é a 3ª investida de preconceituosos contra Regina Sousa. A 1ª foi quando ela tomou posse. Uma cabeleireiro de Brasília teve a petulância e ousadia de invadir os eu gabinete e lhe oferecer seus serviços para alisar o sue cabelo e pinta-lo. Ela recusou e denunciou o fato na Voz do Brasil.
A SEGUNDADepois, veio o episódio da votação para o afastamento de Dilma no Senado. Regina reagiu com veemência, como seria natural, afinal ela é do PT, mesmo partido da presidente. Um jornalista que faz programa de humor na madrugada no SBT disse que pensava se tratar da “tia do cafezinho”, cujo nome também é Regina.
A TERCEIRAEssa agora, a jornalista de pele, cara e nome arianos, na verborreia do desconhecimento agride de graça uma pessoa que mal nenhum lhe fez e que talvez nem lhe conhece.
VIVA A DEMOCRACIAVivemos numa democracia. É livre o pensamento e sua a expressão, seja pro palavras ou por escritos. Mas, nessa mesma democracia, existem regras para determinadas expressões. Há, portanto, no ordenamento jurídico do país, remédios jurídicos para reparação de tudo isso.
A LAMBANÇA DE LEWANDOWSKI E RENANAinda rende e como rende, a lambança produzida no Senado pela dupla Renan e Lewandowski no processo do impeachment. Agora, são os funcionários públicos que foram expulsos por improbidade que querem ter o mesmo direito que foi dado a Dilma.
NOTAS & NÓTULAS*Chegou a hora final e fatal para o River. É tudo ou nada literalmente.
Autor: Pedro Alcântara



Nenhum comentário:

Postar um comentário