sábado, 26 de novembro de 2016


Black Friday: Gerentes do Bom Preço e Extra são presos

Gerentes das redes de lojas Hiper Bompreço, Armazém Paraíba, Eletroshopping e Extra foram presos em João Pessoa, nesta sexta-feira (25/11), pelos fiscais do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon). Os lojistas foram autuados em flagrante pela prática de propaganda enganosa durante a "Black Friday". De acordo com o secretário do MP-Procon, Gualberto Bezerra, foi constatado um total desrespeito ao consumidor na Capital.
"Infelizmente, tivemos que fazer a detenção do gerente do Hiper Bompreço, da BR 230; do Armazém Paraíba, do Centro da capital; do Eletroshopping do Manaíra Shopping e agora da loja do Extra, da Avenida Epitácio Pessoa", informou Gualberto Bezerra, ressaltando que os fiscais do órgão detectaram cartazes de ontem (quinta-feira), com preços menores do que os anunciados nesta sexta-feira, dentro de fogões e geladeiras da loja do Eletroshopping.
"Isso é revoltante. Um desrespeito total e absoluto a dignidade do consumidor", destacou o secretário do MP-Procon, acrescentando que os gerentes presos durante essa operação de fiscalização estão sendo conduzidos para a Central de Flagrantes da Polícia Civil e que o trabalho de fiscalização em João Pessoa continua. "A Lei está aí para ser cumprida", alertou ele.
Fiscalização – As lojas físicas localizadas em João Pessoa estão sendo alvo de fiscalização do MP-Procon durante a "Black Friday". As fiscalizações começaram a ser feitas de forma simultânea por três equipes, desde o início da manhã. O trabalho conta com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil da Paraíba e do Procon Municipal. Além das lojas físicas, também estão sendo fiscalizadas lojas virtuais que participam da promoção.



Nenhum comentário:

Postar um comentário