sexta-feira, 25 de novembro de 2016

NOTÍCIAS DIVERSAS: PIAUÍ- BRASIL

ELEIÇÃO DA APPM PROVOCA RACHA NO PTA eleição para a presidência da Associação dos prefeitos Municipais provocou um racha dentro do partido dos Trabalhadores do Piauí. De uma lado, o prefeito reeleito de São João do Piauí Gil Carlos, com apoio da deputada e 1ª dama Rejane Dias, atual secretaria de Educação. Do outro, a prefeita reeleita de Altos, Patrícia Leal com apoio do deputado Assis Carvalho. A prefeita acusa o colega de se beneficiar do apoio do atual presidente da instituição, Arinaldo Leal para usar a estrutura da casa e cooptar votos. “Eles estão fazendo de tudo, usando a máquina da entidade para cooptar os prefeitos e conseguir votos. Isso não é legal”, dispara Patrícia.
MAGISTRADOO governador Wellington Dias já avisou: não vai se envolver nessa briga, por entender que, em 1º lugar, são dois candidatos do seu partido. 2º, por se tratar de uma eleição que só interessa aos prefeitos.
TRE DECIDE ELEIÇÃO DE N.S. DOS REMÉDIOSSerá nesta sexta-feira, a decisão o Tribunal Regional Eleitoral sobre a eleição do município de N. S. dos Remédios. O voto de Minerva do presidente da corte, desembargador Joaquim Santana definirá quem será o prefeito da cidade a partir do dia 1º de janeiro de 2017.
EMPATEO julgamento começou na segunda-feira e terminou empatado em 3x3. Foi aí que o presidente pediu vistas para decidir. A Ação pede a impugnação da candidatura do prefeito eleito, Manoel do Fernandinho(PT), porque ele tem cargo de direção na CUT e não se desincompatibilizou para disputar a prefeitura. A sessão começa as 9h.
CANDIDATURASão muitos os secretários de Estado que disputarão uma cadeira de deputado federal ou estadual em 2018. Para estadual: coronel Carlos Augusto, comandante da PM. Franzé Silva(Administração), Daniel Oliveira(Justiça), Mauro Eduardo(SEID), Francisco Costa(Saúde) e Rafael Fonteles(federal). Nem todos pelo PT. Ah, bom!
A REESTRUTURAÇÃO DO BBQuem programou a reestruturação do Banco do Brasil não conhece a geografia de Teresina, muito menos o volume de negócios das agências que serão encerradas. Fechar as agências do Centro Administrativo, av. União e Cristo Rei é um atestado disso.
REESTRUTURAÇÃO 1Ora, existem outras agências bem menos movimentadas que poderiam ser fechadas sem prejuízo para o banco e para a população. É o caso das agências da rua Coelho Rodrigues próximo a praça Rio Branco, agência da praça do Liceu, Teresina Shopping e da av. Jockey Clube. Com a palavra o Superintendente do BB.
JUDICIALIZAÇÃO SERÁ A MAIOR DA HISTÓRIAExperientes advogados eleitorais, informam que, a eleição deste ano, produzirá a maior enxurrada de Ações judiciais de todos os tempos no país. São vários os fatores, mas o principal foi a reforma política aprovada ano passado.
JÁ TEM CASSADOAs Ações pipocaram antes mesmo do pleito e seus efeitos já são vistos. O prefeito reeleito de Belém do Pará, Zenaldo Coutinho já foi cassado, mesmo sem ter sido diplomado. Os advogados estima que pelo menos 50% dos eleitos ou reeleitos terão problemas com a Justiça Eleitoral. A conferir.
WELLINGTON/TEMERNem precisou a intermediação do deputado Temístocles Filho para o presidente Temer receber o governador do Piauí, Wellington Dias. Os dois sentaram-se a mesa da negociação do dinheiro repatriado e tudo acabou bem. O Piauí vaia receber R$ 173 milhões.
SEM CARIMBOAntigamente, quando não havia a Lei Fiscal, todo dinheiro que saia de Brasília para os Estados era a fundo perdido, ou seja, não precisava prestar contas. Pois esse da repatriação vem na mesma forma: fundo perdido. Não tem rubrica certa, não é carimbado e pode gastar como que quiser. Ôba!
O PROBLEMA ESTÁ NA LEIEnquanto não houver mudança na Lei Penal, vamos continuar assistindo todo dia, repetidamente, roubos, assaltos, latrocínios, sequestros e estupros pelas mesmas pessoas. Eles e elas praticam os crimes, são presos e após 89 dias sem serem julgados e, por força de lei, são liberados para repetirem as mesmas cenas.
REINCIDÊNCIASó no Brasil, o indivíduo pratica o mesmo crime uma, duas, três e até dez vezes sem ficar preso. Se tivesse uma lei que deixasse o indivíduo preso após a reincidência, a situação seria outra. Mas, a aqui é o Brasil, lugar onde bandido é tratado como cidadão com direito até ao vestibular.
NOTAS & NÓTULAS*Todo dia tem prefeito condenado seja pelo TCE, TJ e Justiça Federal, Já os Congressistas...
*O ex-ministro da Cultura acusou o presidente Temer de te-lo pressionado no caso Gedel.
Autor: Pedro Alcântara

Nenhum comentário:

Postar um comentário