sábado, 26 de novembro de 2016

Miami festeja a morte de Fidel e proclamam uma "Cuba livre"

Miami festeja a morte de Fidel e proclamam uma "Cuba livre"Milhares de cubanos tomaram as ruas de Miami, reduto do exílio da oposição cubana, para festejar a morte de Fidel Castro aos gritos de "Cuba livre!" e "Liberdade, liberdade!", em meio ao estouro de champanhes, cantorias e panelaços. "É triste a pessoa se alegrar com a morte de uma pessoa, mas essa pessoa jamais deveria ter nascido", declarou Pablo Arencibia, um professor de 67 anos que deixou Cuba há 20 anos. "Satanás é que tem que se preocupar agora, pois Fidel vai querer tirar o lugar dele", brincou, em meio ao barulho de buzinas, tambores e fogos de artifício que acordaram a cidade. Alguns cantavam o hino de Cuba e gritos de "Viva Cuba!". (AFP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário