quarta-feira, 25 de janeiro de 2017


Brasil cai três posições em ranking sobre corrupção

Imagem relacionadaUm estudo realizado pela Transparência Internacional de Berlim revelou que o Brasil ocupa a posição 79ª no ranking sobre a percepção da corrupção de todos os países. Os dados são referentes ao ano passado. Na pesquisa foram avaliados 176 países. No levantamento anterior, o Brasil aparecia na 76ª posição. 
Apesar da queda, a entidade considera estável a situação brasileira, já que desta vez mais países foram acrescentados para avaliação.
De acordo com a pesquisa, mais de dois terços dos países tiveram índice menor do que o ponto médio de uma escala de zero a cem. A média global é de 43. Quanto mais baixo o número, menos transparente é considerado o país. A nota do Brasil foi de 40 pontos, a mesma obtida por China e Índia.
Os resultados deste ano destacam a conexão entre corrupção e desigualdade. Segundo a análise, ambas estão estão entre as principais causas da distribuição desigual de renda e do poder.
Pela quinta vez seguida, a Dinamarca lidera o ranking da Transparência Internacional. Nesta edição, o país aparece ao lado da Nova Zelândia no topo da lista. Ambos são seguidos por Suécia, Suíça, Noruega, Cingapura, Holanda, Canadá e Alemanha.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário