domingo, 8 de janeiro de 2017


Correios deve vender ativos para fechar conta no azul

Prejuízo no ano passado foi de cerca de R$ 2 bilhões.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) planeja se desfazer de ativos não essenciais para evitar fechar de novo com as contas no vermelho em 2017, após ter tido prejuízo de cerca de 2 bilhões de reais no ano passado, disse o presidente da companhia, Guilherme Campos. "Já há algumas medidas, como o PDI (Programa de Demissão Incentivada, o reajuste de algumas tarifas de serviços", disse Campos em entrevista à Reuters. 
"Mas virão outras".

Nenhum comentário:

Postar um comentário