terça-feira, 7 de fevereiro de 2017


Wellington Dias busca mais um bilhão, mas, nenhum centavo para canais de irrigação!!!


Sem indústrias e um setor rural produtivo que garanta consistente arrecadação para os cofres públicos, o Piauí, padece nas mãos de Resultado de imagem para rio parnaíba piauiadministradores que esquecem o seu principal filão de progresso e desenvolvimento: o majestoso  rico, Rio Parnaíba.
Quando um estado não tem estrutura industrial, para alavancar o seu progresso de exportação e arrecadação, busca em cima de suas riquezas naturais, o grande filão de sua economia. No Piauí esse grande filão é simbolizado e representado pelo majestoso Rio Parnaíba, o segundo maior rio do Nordeste, e já vinculado a CODEVASF, podendo tirar proveito em cima de projetos factíveis de irrigação.
Construir canais de irrigação ao longo das margens dos seus 1.600 km Resultado de imagem para embarcações tipo CHATAS,de extensão, desde suas nascentes até ao Atlântico, perfeitamente navegável por embarcações, tipo CHATAS, para o intercâmbio comercial entre os extremos sul e norte, de Santa Filomena à invicta cidade de Parnaíba, que há mais de um século, clama por seu porto marítimo.
O grande filão do Piauí para buscar sua infraestrutura que forçará o nascimento de nossa AGROINDUSTRIA, é aproveitar as margens do Parnaíba e de seus afluentes, como os Rios Poti, Gurguéia, Piauí, Canindé, Longá etc., quando barrados por barragens, formarão um polo de produção capaz de tirar o Piauí do buraco crônico a  que sempre foi submetido.
Essa visão futurista exige o mínimo de cultura de nossos governantes, que portadores de miopia crônica administrativa, também, se cercam de assessores não diferentes, que em nada acrescentam no planejamento de resultados necessários e inerentes de forma obrigatória em nome do desenvolvimento do estado.
CANAIS DE IRRIGAÇÃO, sim, governador, Irrigação, nu lugar de asfalto Resultado de imagem para CANAIS DE IRRIGAÇÃO,chula nas cidades que não emprega, e nem melhora a vida de ninguém, é o grande mote do Piauí, para buscar a consolidação de sua economia, ainda tristemente feita de pires na mão, na busca por esmolas de Brasília, e, financiamentos bancários, que só servem para endividar os cofres públicos do combalido estado do Piauí.
Faça Governador, dê o pontapé inicial, busque um financiamento acimaResultado de imagem para CANAIS DE IRRIGAÇÃO, de R$ 1 bi, exclusivamente para canais de irrigação, e, acredite, V.Exa., fará a mais importante obra com retorno de riqueza e   geração de emprego e renda, promovendo a mais firme e segura ação desenvolvimentista do setor primário, o mais viável planejamento direcionado ao chamado desenvolvimento com sustentabilidade permanente.
Dotar os municípios ribeirinhos desde Santa Filomena, a Parnaíba, de centenas de quilômetros de canais de irrigação, vai elevar o Piauí, ao conceito de estado estruturado e mega exportador de frutos, grãos, proteína, mel, álcool e açúcar, do nordeste, gerando a tão sonhada estrutura econômica, com milhares de empregos nas mais diversas Resultado de imagem para Tabuleiros litorâneosmodalidades das escolas universitárias. O modelo o Sr. já tem: os Platôs de Guadalupe e Tabuleiros litorâneos, projetos do DNOCS/ EMBRAPA, construídos como modelos (protótipos), mas, infelizmente, nunca seguido nem pelos prefeitos e muito menos pelos governadores.  
DESEVOLVER com retorno certo e garantido, no campo do emprego, riqueza e renda abundante, para fortalecer a nossa economia, infelizmente ainda dependente do famigerado FPE que, quando cai, por motivos federais, deixa o nosso dependente Piauí de pires na mão.
Chega, basta de omissão e de incompetência política, o Piauí não pode continuar na mesmice de sempre, sem riqueza, sem emprego e sem esperanças de dias melhores, jogando dinheiro fora asfaltando cidades inteiras no interior (isso merece uma fiscalização séria), embora seja um dos estados mais ricos da federação brasileira,em solo fértil e água em abundância, mas,nunca explorado como deveria. 
É governador, chega, basta, acorde, busque pelo menos R$ 1 Resultado de imagem para fruticultura irrigadabilhãozinho, e invista todinho em canais de irrigação, aí o senhor vai entender o por que da campanha do AGRO da Rede Globo de Televisão quando diz: AGRO É  Téc, AGRO É Pop AGRO é tudo!!! Até parece que a Globo criou esse jargão para acordar o Piauí, tão rico, mas, sempre tão mal governado. Que pena! Acorda Piauí!
É preciso o mínimo de consciência crítica, para admitir, de que o nosso Piauí vem sendo sempre mal governado e administrado.
Rio perene é igual a: progresso, desenvolvimento riqueza e geração de emprego e renda. Só no Piauí a miopia crônica de nossos políticos não vê isso!!
É a nossa dura opinião de hoje doa a quem doer!!!    




Nenhum comentário:

Postar um comentário