sexta-feira, 10 de março de 2017

PMDB PASSA A PERNA NO PT:

 

SETORES DO PT QUERIAM REDUZIR A ATUAÇÃO DA FUNDAÇÃO HOSPITALAR, MAS BANCADA DO PMDB APRESENTA EMENDA E ASSEGURA O PODER DO NOVO CARGO
João Madison apresentou emenda que garante que a Fundação de Saúde tenha poderes garantido
O PT e o PMDB ainda vivem uma queda-de-braço com relação ao projeto de criação da Fundação de Saúde. A nova pasta é vinculada à Secretaria de Saúde e tem como função gerir os hospitais regionais do Estado. A matéria tem sido motivo de celeuma entre os dois partidos.
Os petistas ainda não engoliram a decisão do governador de “fatiar” a secretária com a criação de uma fundação para acomodar o PMDB. Insatisfeitos, eles tentaram limitar a atuação da fundação, mas foram surpreendidos como uma manobra do PMDB.
A estratégia do PT era que a fundação atuasse na gerência de apenas alguns hospitais regionais. O plano não deu certo. O deputado João Madison (PMDB) apresentou emenda ao projeto garantindo que todos os hospitais regionais do Estado serão geridos pela fundação.
Os petistas serão obrigados a engolir mais essa derrota para o PMDB. A secretaria de Saúde é comandada por Francisco Costa (PT), que foi indicado ao cargo pelo deputado Assis Carvalho (PT). Já a fundação será comandada pelo deputado Pablo Santos (PMDB), filho do ex-deputado, Warton Santos. (Política Dinâmica)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário