terça-feira, 2 de maio de 2017


VÍDEO: Santa Casa de Sobral é invadida por bandidos


Vídeo: Wellington Macedo
Sem policiamento algum, Santa Casa de Sobral, no Norte do Ceará, é invadida por mais de 10 homens. Eles ameaçaram de morte a equipe médica. O caso aconteceu por volta das 16h deste sábado 29, quando três pessoas baleadas foram socorridas por populares até a emergência daquele hospital, eram duas mulheres e um homem conhecido por "Chico Nóia", do bairro Alto Novo.
O homem chegou carregado por cerca de 10 indivíduos que segundo enfermeiros, exigiram atendimento imediato para salvar o rapaz. Eles gritavam, ameaçavam a gente de morte e um deles com a mão dentro da calça, simulava querer puxar uma arma, e me agrediu e me defendi com equipamentos do hospital", contou um dos médicos plantonistas.
Tudo foi gravado pelas câmeras do hospital, mas os indivíduos fugiram do local com a chegada da polícia. Ninguém foi preso até o momento. Familiares da equipe médica apreensiva, foram até a Santa Casa. Eles agora prometem que vão paralisar o atendimento por falta de segurança.
Dois policiais do Raio também foram feridos e estão internados, mas não correm risco de morte. Eles caíram da moto quando se deslocavam para atender a ocorrência do tiroteio. Segundo a polícia, o sábado corria tranquilo até as 16h, quando se desencadeou uma série de ocorrências em vários pontos da cidade. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A administração da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, vem, por meio da presente, esclarecer fatos relacionados a notícias vinculadas em mídias locais que dizem respeito à uma situação de violência e agressão aos médicos emergencistas do Hospital, na tarde deste sábado, 29 de abril.
Esclarecemos que, na tarde deste sábado, 29 de abril, o Serviço de Emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral acolheu pacientes vítimas de lesões à arma de fogo e que entre estes, um deles foi a óbito. Por um certo momento, devido a um descontrole emocional por parte dos acompanhantes da vítima, haja vista a dor da perda de um ente próximo, houve um princípio de exasperação causado pelo estresse do momento.
Na oportunidade,informamos à população sobralense e da zona Norte que os nossos profissionais médicos e de enfermagem não sofreram nenhum tipo de agressão ou violência física e que os pacientes já passaram por procedimentos no centro cirúrgico e estão se recuperando. Ressaltamos, também, o compromisso da Santa Casa de Sobral em prestar o melhor atendimento a todos que procuram o Hospital, embora muitas vezes por conta de uma situação específica ocorra algum transtorno.
Comunicamos, ainda, que os tiros disparados por policiais, presentes à Santa Casa, foram realizados com bala de festim com o propósito de dispersar um numeroso grupo de pessoas que se aglomerava defronte ao portão principal da emergência. Destacamos, que este incidente não prejudicou o funcionamento da assistência da Emergência do Hospitale repudiamos todas as notícias e alegações que faltem com a verdade dos fatos. Por fim, lamentamos a situação vigente instalada em todo País de um quadro temeroso de insegurança.




Nenhum comentário:

Postar um comentário