terça-feira, 4 de julho de 2017

Fotógrafo teria sido pivô de separação de Neymar

Gatti fez Neymar suspeitar de "bola dividida" e sair do jogo
 
O relacionamento entre Bruna Marquezine e Neymar chegou ao fim por conta dos ciúmes que o atacante sentia de um ex-affair da atriz, segundo o site do jornal Extra. Ao saber que a atriz tinha se encontrado com Beto Gatti, 30 anos, fotógrafo de celebridades, em São Paulo, Neymar resolveu terminar o namoro com a morena. O reencontro aconteceu um dia antes do anúncio do término. Beto foi apontado como affair de Bruna em 2014, quando os dois foram juntos para Los Angeles, EUA - na época, a atriz vivia a primeira separação de Neymar. O fotógrafo afirmou na época que os dois eram amigos, mas hoje em dia eles não se seguem mais nas redes sociais. Segundo amigos, Neymar sempre teve muito ciúme do fotógrafo e não gostava da proximidade dele com Bruna. Bruna e Beto seguem próximos - quarta-feira, estiveram na festa de aniversário de Manu Maya, filha do diretor Wolf Maya, no Rio de Janeiro, onde os dois moram. VONTADE DE CASAR - Outro motivo que tem sido apontado como determinante para o fim do namoro mais badalado do Brasil foi o fato de Neymar querer casal e Bruna sentir que ainda é muito nova - e muito iniciante na carreira - para isso. O jogador teria dado um ultimato na namorada, querendo saber se ela iria casar com ele e, diante da negativa, resolveu acabar. Segundo amigos do casal, era nítido que Neymar gostava mais de Bruna do que ela dele.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário